Envelhecimento – 3 Passos Para Retardar

Como retardar o envelhecimento?

Muitos de vocês, estão querendo retardar o envelhecimento e já devem ter se perguntado:

"em qual idade eu posso fazer botox?",

"quando começar a usar cremes para rugas?"

ou, "existe tratamento para o envelhecimento?"...

Existem muitas dúvidas sobre os procedimentos disponíveis hoje para realçar a beleza ou retardar o envelhecimento.

Isso é natural, afinal vocês são bombardeados todos os dias com as novidades do mundo da beleza.

Por não terem o conhecimento suficiente para saber qual seria o melhor para você, acabam utilizando qualquer medicamento.

Estar naturalmente bonito

retardar o envelhecimentoAo longo dos anos, a evolução das técnicas na medicina tem permitido que um novo conceito ganhe espaço: estar naturalmente bonito.

Podemos usar algumas técnicas como um laser ou um peeling feito para renovar a superfície da sua pele.

Um creme noturno, manipulado individualmente, para hidratar e renovar a pele das suas mãos.

Existe também uma técnica para preenchimento feito exatamente no ponto específico de seu rosto que, nem de longe, parece ter sido realizado.

Uma aplicação, do tão falado botox , que te deixa alguns anos mais jovem sem ser percebido.

Para garantir naturalidade dos resultados e preservar a harmonia facial, as tendências de rejuvenescimento facial, atualmente, buscam uma avaliação integral que só o seu dermatologista pode fazer por você.

 

Algumas mulheres, querem aquela boca da atriz do cinema, mas precisamos ver se vai harmonizar com seu rosto.

Talvez o seu caso não seja para preenchimento nas rugas e sim outros procedimentos que te deixaram mais bonita.

prevencao-contra-envelhecimento

Prevenção contra o envelhecimento

O envelhecimento é um processo que atinge a todas as pessoas, mas a cada uma de forma diferente, a individualidade, traços e particularidades de cada pessoa, são os pontos de partida para um tratamento personalizado.

Nessa linha, a combinação de técnicas e a melhor solução, adequando ao perfil de cada pessoa.

Quais os 3 passos para o planejamento da sua beleza?

Seguir um passo-a-passo, é o melhor começo para retardar o envelhecimento.

Te deixar cada vez mais contente ao se ver no espelho é o objetivo.

1º Passo: agende sua consulta com um médico especialista.

Somente um médico poderá avaliar alguns pontos como:

  • quanto e como as ações de fatores genéticos,
  • exposição ao sol,
  • poluição,
  • alimentação e outros, prejudicaram sua pele.

Eu tenho atendido inumeras pessoas com esse problema e sei que todos esses fatores, que parecem comuns, devem ser observados, pois cada pele reage de uma forma.

Não fiquem utilizando quanquer tipo de creme ou hidratante, pois muitos deles são genéricos e o que você precisa é algo adequado a você.

2º Passo: tenha seu médico como um parceiro, confie nele e conversem sobre medos, prioridades e anseios.

Eu sei exatamente o que é mais indicado para meus clientes, desde questões mais simples, como qual protetor solar escolher, até se há necessidade de realizar um tratamento mais longo.

3º passo: estabeleça uma rotina de prevenção e cuidados.

A sua pele muda de acordo com sua faixa etária e, por isso, devem ser avaliadas regularmente.

Você que já é nosso cliente, já conhece todos esses procedimentos e como cuidamos para que se sinta cada vez mais jovem e bonita.

Para que possa fazer um pré-agendamento, deixamos um formulário abaixo e assim que recebermos, iremos entrar em contato para verificar as datas e outros detalhes.

Te vejo em breve, mais jovem e bonita. 😉


Cuidado com Mãos e PésTerapia CapilarTratamentos CorporaisTratamentos Faciais

Formada pela Universidade de Cuiabá-MT – CRM/MT 5166, com especialização em Dermatologia pela Sociedade Brasileira de Dermatologia – SBD – RQE 3793 e Professora da Faculdade de Medicina de Várzea Grande – UNIVAG.

Vitamina D – Como repor em seu corpo e o que acontece com o nosso organismo?

Como no último post falamos sobre o sol e sobre como ele é responsável pela síntese de vitamina D no nosso organismo, hoje quero falar sobre a suplementação de vitamina D.

 

Muitos pacientes me perguntam se deveriam tomar sol para melhorar seus níveis baixos dessa vitamina. Mas não é bem por aí.

como-repor-vitamina-D

Nossa pele é o órgão responsável por sintetizar a maior parte da vitamina D que o corpo necessita.

Essa vitamina traz diversos benefícios ao organismo, dentre eles, manter as taxas de cálcio e fósforo no sangue.

Todos esses benefícios, auxiliam no combate à osteoporose, doenças cardiovasculares, entre outras.

Quais os problemas que podemos ter?

A radiação necessária para que essa síntese ocorra na pele, é a UVB e  já ouviram falar que essa radiação provoca mutações nas nossas células, que podem levar ao câncer de pele né.

Outro problema que também pode surgir é a aceleração do envelhecimento.

vitamina d

E para sintetizar a vitamina, precisamos pegar esse sol sem protetor solar.

E o pior é que com o passar dos anos nossa capacidade de síntese desse nutriente é reduzida, o que propicia o surgimento de algumas doenças e disfunções, resultado da falta dessa vitamina no organismo.

Como evitar?

Para evitar que possíveis problemas se agravem, é necessário encontrar maneiras de repor as taxas da vitamina D.

Tomar sol é, sem dúvidas, a forma mais prática de resolver isso.

Porém, quem sofre com melasma, por exemplo, pode solucionar um problema e agravar outro.

Pessoas muito brancas podem provocar aparecimento de câncer de pele.

Entre esses e outros casos, o indicado é fazer a suplementação de vitamina D, utilizando vitamínicos e uma alimentação equilibrada, sempre receitados por um especialista.

Converse com um dermatologista e saiba como manter as taxas de vitamina D no organismo em dia e com segurança.

 

vitamina d

Você que já é nosso cliente, já conhece todos esses procedimentos e como cuidamos para que seu organismo esteja sempre equilibrado.

Para que possa fazer um pré-agendamento, deixamos um formulário abaixo e assim que recebermos, iremos entrar em contato para verificar as datas e outros detalhes.

Te vejo em breve, com seu corpo equilibrado. 😉


Cuidado com Mãos e PésTerapia CapilarTratamentos CorporaisTratamentos Faciais

Formada pela Universidade de Cuiabá-MT – CRM/MT 5166, com especialização em Dermatologia pela Sociedade Brasileira de Dermatologia – SBD – RQE 3793 e Professora da Faculdade de Medicina de Várzea Grande – UNIVAG.

Sol… Quais os problemas? Faz bem, ou faz mal à saúde?

Tenho muitas pacientes que detestam pegar sol, mas muitas adoram.

As que gostam dizem que o sol pra elas é vida!

E existem estudos que mostram que para algumas pessoas o sol realmente traz bem estar e melhora o humor.

Mostram também, que populações de países com baixa quantidade de claridade são mais propensas à depressão.

Mas nós não temos esse problema no Brasil porque temos muitas horas de sol por dia e alto índice de radiações vindas dele.

Então tudo vai depender dos horários e do tempo de exposição à radiação solar.

perigos-do-sol
Fonte: Revista Galileu

Como aproveitar o sol?

Durante o verão as atividades ao ar livre são mais frequentes, seja por quem mora em locais que tem inverno e querem aproveitar mais o calor ou porque os dias são mais longos.

Muitas pessoas saem do trabalho no final da tarde para dar um passeio no parque com sol.

E é nesta época do ano em que a radiação solar incide com maior intensidade, por isso, a exposição excessiva pode resultar em lesões na pele.

Essas lesões, podem ser as queimaduras e irritações e desencadear problemas de saúde com danos maiores como, melasmas e até mesmo câncer.

 

uva-uvb

Raios UV-A - Intensidade solar

A radiação solar de intensidade constante durante o dia, mais conhecida como UV-A, atinge a pele da mesma forma em todas as estações e também durante todo o dia.

Os raios UV-A penetram profundamente na pele e são um dos principais causadores do envelhecimento e câncer de pele.

POdem causar também o aparecimento de manchas escuras, também chamadas de melasma.

Os raios UV-A não podem ser bloqueados pelo vidro do carro, por exemplo e os danos provocados à pele só podem ser percebidos a longo prazo.

Raios UV-B - Mais intensos e responsáveis pelo bronzeamento

Mais intensos que os UV-A, os raios UV-B são parcialmente absorvidos pela camada de ozônio, atingindo a camada mais superficial da pele, sendo os responsáveis pela produção de vitamina D e por estimular a produção da melanina, gerando o efeito “bronzeamento”.

Mas também, são perigosos e responsáveis pelas queimaduras solares.

bronzeada

Não se engane!

Aquela pele dourada, sinônimo de saúde e beleza, nada mais é do que o efeito da radiação sobre a superfície da pele, provocada pela excessiva exposição ao sol.

Para proteger o DNA celular, os melanócitos da pele formam a melanina que serve como um "guarda-sol" em cima do DNA, protegendo nossas células de mutações que podem formar o câncer de pele.

Quanto mais melanina, mais cor na pele.

As peles morena e negra possuem uma quantidade maior de melanina o que, de certa forma, protege as células da pele das agressões externas dos raios ultravioleta. e lhes dá maior proteção contra o câncer de pele.

Mas apesar disso, as peles mais escuras estão mais propensas a manchas, então a proteção solar está indicada para todos os tipos de pele.

 

Então gente...

O sol faz bem mas não devemos nos expor diretamente a ele principalmente nos horários de maior índice de radiação UVB.

Nunca devemos nos expor sem proteção solar, seja química ou mecânica... mas isso vou deixar para assunto de outro post.


Você que já é nosso cliente, já conhece todos esses procedimentos e como cuidamos para que se sinta bem, cada vez mais jovem e bonita.

Para que possa fazer um pré-agendamento, deixamos um formulário abaixo e assim que recebermos, iremos entrar em contato para verificar as datas e outros detalhes.

Te vejo em breve, mais jovem, bonita e bronzeada. 😉


Cuidado com Mãos e PésTerapia CapilarTratamentos CorporaisTratamentos Faciais

Formada pela Universidade de Cuiabá-MT – CRM/MT 5166, com especialização em Dermatologia pela Sociedade Brasileira de Dermatologia – SBD – RQE 3793 e Professora da Faculdade de Medicina de Várzea Grande – UNIVAG.

Queda de cabelo: As 15 causas mais frequentes…

doenças-que-causam-queda-de-cabelo

Queda de Cabelo: "Vou ficar careca?" ou "Preciso tratar?".

Para isso resolvi listar as causas mais comuns de queda, temporária e definitiva.

Sabemos que no dia a dia podemos perder em torno de 100 fios de cabelo.

Isso é normal porque nossos fios tem fases diferentes do ciclo de crescimento, uns entram em fase de queda normal e vão caindo todo dia um pouco.

Essas fases do ciclo capilar tem uma duração individual, é diferente entre as pessoas.

Além disso, pessoas que tem mais fios, ou seja, um cabelo mais volumoso, vão perder mais fios por dia porque isso é proporcional à quantidade de fios, e quanto mais comprido o cabelo maior é o monte que se forma na palma da mão quando juntado, e isso as vezes assusta mais.

Nessas quedas normais não costumamos ver áreas de rarefação intensas porque o cabelo cai difusamente.

Quando ocorre uma diminuição duradoura ou definitiva de fios, observa-se gradativa rarefação capilar, o cabelo vai ficando ralinho e, às vezes, com falhas.

Existe uma causa!

O cabelo só tem chance de voltar a crescer se essa causa for identificada e resolvida.

Apesar de nem sempre ser possível remover os fatores desencadeantes dessa queda de fios, podemos controlar sua evolução se conseguirmos identificá-los.

mulher-com-queda-de-cabelo

Causas mais frequentes de diminuição definitiva dos fios

  • Causas hereditárias também conhecidas como alopécia androgenética feminina ou masculina
  • Uso de medicamentos que provocam queda de cabelo
  • Estímulo exagerado da imunidade
  • Produtos agressivos usados nos salões
  • Uso abusivo de alongamento capilar
  • Compulsão em arrancá-los
  • Algumas doenças do couro cabeludo: calvície, alopecia androgenética feminina, alopecia frontal fibrosante, foliculite decalvante, alopecia areata, dentre outras
  • Algumas doenças sistêmicas crônicas (exemplo: Lúpus Eritematoso Sistêmico)

Causas mais frequentes de queda temporária de cabelos

  • Dietas muito restritivas com diminuição considerável de peso
  • Pós-parto
  • Estresse emocional importante
  • Febre muito alta
  • Pós-cirurgia
  • Na recuperação de doenças agudas
  • Na pausa de contraceptivos.

Em qualquer situação de queda de cabelos, o mais importante é ser examinado pelo médico dermatologista que irá identificar em qual categoria se enquadra a queda e, de acordo com isso, direcionar a investigação.

Algumas vezes ambas as situações podem coexistir num mesmo momento, justificando abordagem imediata com a intenção de aliviar a queda aguda, seguida de avaliação detalhada para dar sequência ao tratamento da diminuição de fios já existente.


Você que já é nosso cliente, já conhece todos esses procedimentos e como cuidamos para que evite a queda de cabelos e doenças do couro cabeludo.

Para que possa fazer um pré-agendamento, deixamos um formulário abaixo e assim que recebermos, iremos entrar em contato para verificar as datas e outros detalhes.

Te vejo em breve, sem queda de cabelos. 😉


Cuidado com Mãos e PésTerapia CapilarTratamentos CorporaisTratamentos Faciais

Formada pela Universidade de Cuiabá-MT – CRM/MT 5166, com especialização em Dermatologia pela Sociedade Brasileira de Dermatologia – SBD – RQE 3793 e Professora da Faculdade de Medicina de Várzea Grande – UNIVAG.

Rejuvenecimento facial: novas técnicas para te deixar mais jovem e bonita

Rejuvenecimento facial: A grande inovação é que o dr. Maurício de Maio, cirurgião plástico brasileiro, conseguiu mapear com exatidão pontos específicos do rosto que, ao serem preenchidos com um produto chamado ácido hialurônico, que resultam num efeito lifting sem cirurgia.

rejuvenecimento facial

Qual a inovação para o rejuvenecimento facial?

Qual é a grande inovação desse Códigos Médicos (MD Codes) para o rejuvenecimento facial, visto que nós, médicos, já injetamos esse ácido há mais de 20 anos?
Não é incomum que os pacientes desconheçam qual área deve ser tratada para melhorar o que lhes incomoda.

rejuvenecimento facial

Muitas vezes, para melhorar o bigode chinês precisamos tratar a região acima da bochecha, próxima aos olhos.

Com os esses códigos, conseguimos explicar porque a melhora em uma determinada área do rosto pode ser alcançada sem que o produto seja aplicado diretamente nela.

Nosso papel é fazer com que o paciente compreenda quais são as prioridades no seu tratamento.
A durabilidade do preenchimento varia de acordo com a área tratada e o produto utilizado.

rejuvenecimento facial

Quais os produtos mais adequados?

Para alcançar o rejuvenecimento facial, cada área e cada efeito desejado exige um produto diferente.

Géis mais espessos são usados para dar sustentação à pele, outros mais fluidos para definir contornos e devolver volume.

Apenas médicos são capazes de conhecer com profundidade a anatomia da pele e da face para encontrar esses pontos de injeção.

Qualquer milímetro fora do lugar pode comprometer o resultado final.

rejuvenecimento facial

E claro, existem segredos na maneira de aplicação para os quais não basta ler o livro.
A indicação do procedimento se dá pela necessidade e não pela idade.

Se o paciente apresenta rugas e linhas de expressão, ou mesmo flacidez de pele, pode começar a realizar os pontos específicos para diminuir a progressão do envelhecimento.
O código médigo ou o MD codes, revolucionou a dermatologia, pois agora é possível obter resultados cirúrgicos sem cortar.

Porém, esse tratamento serve para sustentar e volumerizar, sendo necessário cuidar também da parte mais superficial da pele.

Isso pode ser feito com cremes, peelings, laser, luz pulsada e radiofrequência, que também são fantásticos em associação com os códigos médicos, pois promovem o tratamento de manchas, vasos e linhas finas.

Converse com seu dermatologista e veja se ele é qualificado para aplicar essa técnica.


Você que já é nosso cliente, já conhece todos esses procedimentos e como usamos os códigos médicos para rejevenecer sua pele.

Para que possa fazer um pré-agendamento, deixamos um formulário abaixo e assim que recebermos, iremos entrar em contato para verificar as datas e outros detalhes.

Te vejo em breve, mais jovem e bonita. 😉


Cuidado com Mãos e PésTerapia CapilarTratamentos CorporaisTratamentos Faciais

Formada pela Universidade de Cuiabá-MT – CRM/MT 5166, com especialização em Dermatologia pela Sociedade Brasileira de Dermatologia – SBD – RQE 3793 e Professora da Faculdade de Medicina de Várzea Grande – UNIVAG.

Cuidados que fazem a diferença: colo e pescoço.

Estão aí duas áreas praticamente negligenciadas no nosso cuidado diário. Quando muito passamos o mesmo hidratante usado no corpo não é mesmo?

Eu assisto muuuuito pouco as novelas ultimamente, mas não pude deixar de perceber e admirar a atriz Glória Pires, nessa novela Babilônia, porque ela está lindíssima. E o que mais me chamou a atenção foram os decotes enormes que sua personagem usa, deixando evidente um colo lindo e bem cuidado.

gloria

Mas o colo recebe muita incidência de sol nas pessoas que vivem em climas quentes. Seja pelo uso de roupas mais decotadas, a baixa adesão ao uso do protetor solar em áreas extra-faciais, trabalho com maior exposição ao sol, ou quem não abre mão de um lindo bronzeado. Esse sol, como sempre falo, prejudica a pele e acelera o seu envelhecimento.

imagens-09

No pescoço observamos perda de firmeza, formação de rugas horizontais e flacidez. No colo, a pele começa a ficar avermelhada, opaca, com formação de dezenas de pequenos vasinhos, e desidratada, sem vida.

Além de laseres, que podem ser usados nessa região para estimular a produção de colágeno e por consequência melhorar a firmeza da pele, podemos usar peelings para que ela descame e promova sua renovação superificial.

E uma técnica já consagrada e fantástica para recuperar o “viço”, o turgor da pele jovem, é a hidratação subcutânea ou skinbooster. Nesse procedimento injetamos gotículas de ácido hialurônico fino, que não tem capacidade de fazer volume, mas aumentam a retenção de água no local, melhorando a hidratação cutânea por mais tempo.

O resultado é uma pele linda, viçosa, brilhante, com turgor de pele adolescente.

Não existe milagre gente, existem dermatologia e procedimentos! rsrsrs

Formada pela Universidade de Cuiabá-MT – CRM/MT 5166, com especialização em Dermatologia pela Sociedade Brasileira de Dermatologia – SBD – RQE 3793 e Professora da Faculdade de Medicina de Várzea Grande – UNIVAG.

O barbear perfeito…

Por incrível que pareça, esse ritual diário da maioria dos homens (se não todos), ainda desperta algumas dúvidas por aí. Então gostaria de falar um pouco sobre esse tema.
Os pelos dos homens são mais espessos devido a maior quantidade de hormônios masculinos que eles produzem. O aumento da produção desses hormônios ocorre na puberdade quando aparecem pelos na barba e bigode.
Os pelos podem ser redondos, lisos ou encaracolados, com diferença na espessura, e podem nascer mais do que um pelo por folículo. Quanto maior a espessura maior a chance de encravar e infeccionar, assim como quando de um folículo sair um tufo de pelos.
O ato de barbear é um dos mais importantes cuidados dos homens contemporâneos, já que proporciona uma boa aparência e sensação de bem estar. Mas é ainda um processo agressivo para a pele, principalmente se realizado de maneira inadequada ou com produtos de má qualidade.
Dicas para um barbear perfeito:
- optar por fazer a barba logo após o banho, pois a pele e os fios estão limpos e úmidos, isso causa menos irritação;
- usar um gel, creme ou espuma de barbear que não contenha irritantes na sua formulação; nunca barbear-se com sabonetes pois esses produtos ressecam a pele e promovem irritação;
- cortar os fios na direção do seu crescimento, nunca contra, e em movimentos curtos;
- usar aparelhos novos, evitar reutilizar muitas vezes para minimizar a chance de infecção bacteriana da pele;
- ao final do barbear, utilizar um produto calmante, que amenize as irritações que a lâmina provoca.
Fazendo isso e usando os ácidos e antioxidantes que seu dermatologista prescrever (que já citei no post sobre a pele dos homens), você terá uma pele bem cuidada e muito menos foliculites, pelos encravados e irritabilidade na face.
So, let's cool shaver boys 🙂

Formada pela Universidade de Cuiabá-MT – CRM/MT 5166, com especialização em Dermatologia pela Sociedade Brasileira de Dermatologia – SBD – RQE 3793 e Professora da Faculdade de Medicina de Várzea Grande – UNIVAG.

Acne: um mal que tem solução.

imagens-13

Muito se fala e se especula sobre Acne, e não é pra menos, afinal ela atinge em média 80% da população. Estudos recentes tem destacado o impacto psicossocial que essa doença gera em todas as faixas etárias, pois, por afetar a aparência, influencia nas relações pessoais e profissionais, levando a baixa autoestima, frustração, raiva, vergonha, prejuízos na autoimagem, ansiedade e depressão. Esses efeitos são profundos e complexos, podendo afetar a personalidade de forma permanente.
Acne é uma doença inflamatória do folículo pilo sebáceo, causada por vários fatores como: genético, hormonal, hiperprodução sebácea, hiperqueratinização folicular, inflamação das glândulas, e aumento da colonização bacteriana pelo Propionibacterium acnes.
Por esses motivos, e outros como a probabilidade de causar cicatrizes atróficas (deprimidas) muito difíceis de tratar posteriormente, o diagnóstico correto e tratamento por um dermatologista é fundamental, e que seja precoce. Nada de passar o que o colega da escola está passando, ou usar o creme que a vizinha disse que mudou a vida dela.
Cada um tem uma característica individual de pele e de resposta aos medicamentos e cosméticos.
Uma coisa que meus pacientes sempre perguntam é se alimentos podem agravar a acne. Então vamos lá:
- Leite: sim, pode agravar a acne porque contém hormônios e fatores de crescimento;
- Açúcares: sim, porque aumenta os níveis glicêmicos e de insulina, aumentando outros hormônios relacionados que induzem maior secreção das glândulas sebáceas;
- Suplementos Proteicos: sim, podem precipitar ou exacerbar a acne, novamente pelos mesmos motivos acima.
Também recebo muito no consultório, o que chamamos de acne da mulher adulta. Sim, mulheres adultas que permanecem com acne desde a adolescência, ou abriram o quadro depois dos 25 anos. Esses quadros devem ser investigados quanto a alterações hormonais, para otimizar o tratamento da pele.
Crianças também podem ter acne, não é o comum, deve ser invetigado algum fator causal.
Enfim, ninguém precisa conviver com uma doença que tem tratamento. “É preciso acabar com alguns mitos e distorções que envolvem a acne, ainda vista como um mal passageiro que se resolve com o tempo”.
Confie no seu médico, ele vai fazer de tudo para que você tenha uma pele bonita e saudável.

Formada pela Universidade de Cuiabá-MT – CRM/MT 5166, com especialização em Dermatologia pela Sociedade Brasileira de Dermatologia – SBD – RQE 3793 e Professora da Faculdade de Medicina de Várzea Grande – UNIVAG.

O que é Micropigmentação?

image3

É uma técnica aperfeiçoada da antiga maquiagem definitiva, utilizada na correção de imperfeições ou no melhoramento do desenho de sobrancelhas, lábios e contorno dos olhos.
O procedimento é inicialmente fotografado, em seguida feito um esboço com um lápis dentro do desenho a ser sugerido nas sobrancelhas, contorno dos olhos e boca.
O dermógrafo acoplado de uma agulha fina deposita o pigmento na derme. Após 30 dias é feito o retoque para firmar a cor adequada para cada tipo específico de pele.
O trabalho é realizado com o que há de mais moderno na área de Micropigmentação, sem eventuais mudanças na coloração (não avermelham e nem tornam-se azuladas com o tempo).
A durabilidade varia muito e depende de cuidados, em média 1 a 2 anos, sem eventuais retoques.
Esse procedimento é o mais moderno em sua aplicação, proporcionando um resultado natural e sutil, de acordo com a harmonia dos traços femininos, através dos princípios de visagismo e simetria facial. Observa-se ainda a personalidade, a fim de harmonizar os traços fisionômicos em relação a individualidade de cada um, valorizando a sua beleza natural, enquanto a maquiagem definitiva resultava em uma aparência pesada e marcada.
Hoje essa técnica está modernizada!
Venha fazer uma avaliação com a profissional Gabriela Scalcon, que é altamente especializada nessa técnica e tem realizado trabalhos maravilhosos na Clínica Letícia Bortolini!

Formada pela Universidade de Cuiabá-MT – CRM/MT 5166, com especialização em Dermatologia pela Sociedade Brasileira de Dermatologia – SBD – RQE 3793 e Professora da Faculdade de Medicina de Várzea Grande – UNIVAG.