Cabelo para ficar na cabeça…

imagens-12

Muitas pessoas experimentam queda excessiva de cabelo em algum momento da vida. Em alguns casos a queda excessiva dos cabelos tem impacto significativo na aparência de homens e mulheres.
Normalmente perdemos de 100 a 200 fios por dia. Nossos fios não crescem todos na mesma fase, ao mesmo tempo. Por isso sempre temos alguns fios caindo.
Alopécia androgenética por exemplo, a famosa calvície, pode levar a perda total dos cabelos. E embora seja muito mais comum em homens, também pode afetar as mulheres. Apesar de ser um quadro de origem genética e hereditário, a existência de um ou mais casos na família não significa que necessariamente, se manifestará em todos os membros.
Muitas outras doenças mais raras também podem ser causa de queda, e tem tratamento quando diagnosticadas corretamente.
Além da queda excessiva, o cabelo também passa por mudanças ao longo da vida. Os fios reduzem o seu peso, diminuem sua espessura e densidade devido às mudanças hormonais e envelhecimento.
As tinturas e processos de alisamento, muito utilizados hoje em dia para mudanças de visual, danificam os fios, provocam a quebra e enfraquecimento desses fios, e consequentemente a queda.
Procure um médico quando você achar que está perdendo mais cabelo que o habitual. Pode ser que você esteja sofrendo de alguma carência vitamínica sim, coisa simples de tratar. Mas também pode ser que esse seja o primeiro sinal de uma doença de couro cabeludo, que pode levar à perda de áreas localizadas ou difusas. Ou até mesmo de uma doença sistêmica mais grave.
O dermatologista é o médico capacitado para diagnosticar e tratar as doenças do cabelo.

Formada pela Universidade de Cuiabá-MT – CRM/MT 5166, com especialização em Dermatologia pela Sociedade Brasileira de Dermatologia – SBD – RQE 3793 e Professora da Faculdade de Medicina de Várzea Grande – UNIVAG.

Homens Contemporâneos.

imagens-03

Sem dúvida os homens também precisam cuidar da pele. Existem inúmeros benefícios para a adoção de uma rotina básica de cuidados: manter a pele saudável para parecer mais jovem por mais tempo, a pele bem cuidada pode ser importante para o trabalho ou oportunidades profissionais, barbear será mais fácil (pele menos irritada e inflamada e menos pelos encravados), ter menos rugas, manchas secas e áreas oleosas, ficar mais atraente, sentir-se melhor consigo mesmo.

A rotina de cuidados dos homens deve incluir um sabonete suavemente esfoliante, que não agrida a pele para que ela não irrite quando for se barbear.
Usar um produto com ácidos e antioxidantes porque proporcionam a renovação celular, e combatem os malefícios do estresse, sol e poluição de todos os dias.
Um filtro solar FPS acima de 30 é fundamental, e para que os homens não se sintam incomodados, a cosmética deste produto deve ser muito bem escolhida com base no seu tipo de pele. É comum os homens terem pele oleosa, mas há os que tem pele sensível e também seca, e existe um produto para cada especificidade dessas.
Se necessário um bom hidratante noturno, onde podem ser acrescidos ativos anti-agings e clareadores individualizados conforme necessidade.
Além de tudo isso, os homens devem prestar muita atenção na rotina de cuidados com a barba. Mas esse vai ser um assunto pra outro post!

Hidratantes corporais são usados conforme cada necessidade e tipo de pele, e áreas como cotovelos e joelhos exigem atenção especial para não ficar com aspecto esbranquiçado e ressecado. Como homens em geral não gostam de cremes muito perfumados, podemos optar por produtos sem cheiro.

Cabelo e unhas também fazem parte da pele, sabia?!
Cuidados com os fios se forem compridos pois homens lavam o cabelo sempre que tomam banho, isso pode deixar os fios mais fracos e o couro cabeludo com tendência a oleosidade pode apresentar mais problemas como caspa, principalmente quando a água do banho é sempre muito quente.
Manter as unhas aparadas com corte reto, é importante para evitar unhas encravadas. Evitar tirar as cutículas para minimizar chance de infecções em volta das unhas.
Assim, os homens contemporâneos saem arransando corações por aí.... rsrs

Formada pela Universidade de Cuiabá-MT – CRM/MT 5166, com especialização em Dermatologia pela Sociedade Brasileira de Dermatologia – SBD – RQE 3793 e Professora da Faculdade de Medicina de Várzea Grande – UNIVAG.